Diário de Queda, 2011 (Michael Laub)

Diário da queda - Resenhas - Livros - Bons Livros Para Ler

A história de um trauma e suas implicações.

Essa resenha poderia se resumir a isso. O curto livro de Michel Laub, escritor gaúcho de 48 anos, trata de todas as reverberações que um trauma pode causar em uma vida.

O livro é apresentado em forma de diário, marcado por fluxos de consciência e divididos em nove capítulos cujos títulos são: “Algumas coisas que sei sobre meu avô”, “Algumas coisas que sei sobre o meu pai”, “Algumas coisas que sei sobre mim”.

Neles, as lembranças de sua família, judeus fugidos de Auschwitz, se entrelaçavam com suas próprias lembranças, reavivando o trauma cujas consequências se projetam em diversos fatores de sua vida nas décadas seguintes.

É pra ler em uma sentada e conhecer uma parte do Brasil que não estamos tão habituados.